Dinheiro e sexo – Praia 19

14 06 2009

Dinheiro e sexo… As duas coisas que fazem mover o mundo. As duas coisas são muito iguais e muito diferentes, simbióticas e bipolares. Neste caso vou falar da primeira: SEXO.

O fantástico mapa.

O fantástico mapa.

Nas dezenas de pontos de cruising na Área Metropolitana de Lisboa, acho que qualquer visitante deste blog nunca tenha ouvido falar da “Praia 19”, ou praia da Belavista. Fica na Costa da Caparica, mais para o lado da Fonte da Telha. É uma praia legalmente nudista, da fraca meia dúzia de praias oficiais de nudismo em Portugal. A razão porque estou aqui e agora a falar dessa praia, é porque recentemente dei de caras com um fórum (muito conhecido, por sinal), que falava justamente dessa praia, do que lá se passa e como lá chegar. Às páginas tantas aparece um post com um mapa desenhado à mão, e com a descrição de todas as áreas da praia e envolventes, desde os acessos ao areal, sem esquecer as dunas e mata.

O que me mais me impressionou foi o pensamento: “O que o sexo leva a fazer”. O dito fórum é bastante utilizado para falar de zonas de cruising, vulgo engate, e o tópico da Praia 19 já vai com muito caracter no ecrã. Aparecem muitos interessados que nunca lá foram, e também frequentadores que não falham um fim-de-semana com um pouco de sol e calor.

Preocupam-me várias coisas: a confusão com zona de engates e praia de nudismo. Parece que todo o gay que vai para a praia quer foda. Isso só estraga o ambiente e o humor das pessoas que realmente querem aproveitar a praia e fazer praia. Não sou nenhum santo: faço nudismo, e gosto, e sim, também já fiz sexo ao ar livre, numa praia. Mas uma coisa não tem de estar necessariamente dependente da outra… ou tem? Por favor corrijam-me se estiver errado. Nas praias frequentadas por gays andam sempre muitas hormonas no ar, é verdade. Mas tenham vergonha, meninas.

Get a room…

PS: Estava para falar dos mirones, mas esse tema é para outro dia.





Queres festa?!

26 05 2009

Vi este cartaz e amei! Era mais um que ia juntar  num post herético à ICAR,  mas já que precisas de animação… 😉

imagem roubado em http://arrastao.org/

imagem roubado em http://arrastao.org/





Dia Internacional contra a homofobia

17 05 2009

Não deixes de lutar.





Madrid em um fim-de-semana

9 05 2009
Ohm

Ohm

Na semana passada estive em Madrid. Toda a gente falava da cidade, portanto, o tuga pacóvio cá do sítio tinha de ir. Arranjei boa companhia, fui com vários amigos e amigas, e lá fomos nós por 46€ num vôo da Ibéria.

Realmente não sei porque não fui mais cedo. É que por aquele preço, é efectivamente mais rápida a viagem entre Lisboa-Madrid do que para mim chegar a Lisboa… Chega a roçar o estúpido.

Por falar em roçar… As discotecas e os bares… qualquer coisa de fenomenal. O bairro “chueca” é algo a não perder, e que podemos aproveitar muito bem se procurarmos pelos estabelecimentos que não cobram entrada. Um Bacardi limón custa 8 euros, mas vale bem a pena se por exemplo encontrarmos o que encontrei na discoteca Ohm…

A oferta para o público gay é efectivamente muita, e sem preconceitos nenhuns. Algo que Lisboa poderá apre(e)nder olhando para esta cidade. Bares, discos, lojas, saunas, cruising  bars, etc. E de neóns e bandeiras à porta, nada de portas fechadas atrás de campaínhas.

O sol aquece muito em Madrid...

O sol aquece muito em Madrid...

Há outros sítios que vale a pena visitar, como, claro está, a Gran Via, a Plaza Mayor, e o parque do Templo de Debód. Na verdade, a cultura de “sair à rua” só por “sair à rua” está enraízada em Madrid. É bem melhor passar uma tarde de sábado ao sol, deitado na relva do que ir pavonear-se para um centro comercial.

Tiram-se boas fotografias em frente ao Palácio Real.

Tiram-se boas fotografias em frente ao Palácio Real.

Aconselho a todos darem por lá um voltinha. Talvez nos abra mais o espírito, sem falar de outras coisas. Mas deixem lá. São apenas coisas de gay.

O parque do Retiro é um ponto obrigatório

O parque do Retiro é um ponto obrigatório





queer lisboa 2007

10 09 2007

 Este festival promete… O antigo Lisbon Film Fest é agora o Queer lisboa.Vamos lá ver se consigo ir…








%d bloggers like this: