Hope

16 06 2009




Movimento pela Igualdade

9 06 2009

Clica aqui e assina a petição do Movimento pela Igualdade no acesso ao casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.





X Marcha do Orgulho LGBT – 20.06.09 – Príncipe Real

9 06 2009




Movimento pela igualdade

27 05 2009
Vai Homer!!!!

Vai Homer!!!!

Movimento pela legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo vai ser lançado no domingo em Lisboa.

José Saramago, Lídia Jorge e Daniel Sampaio apoiam casamento entre homossexuais.





Santa ignorância

27 05 2009

Ponto 1 – Presidente da CM Pombal;

Ponto 2 – Eleito pelo PSD;

Ponto 3 – Discurso na sessão de encerramento das primeiras jornadas ibéricas sobre violência;

 

Devias pedir uma luz à Maya Narciso...

Devias pedir uma luz à Maya Narciso...

Leiam estas alarvidades. Deu-me vontade de rir, juro. Este pseudo-discurso de quem acha que tem alguma coisa a dizer sobre violência é tão surreal, incoerente e ridículo que uma pesssoa percebe logo que foi proferido por um ignorante. Este é o problema de deixar os autarcas falar em todas as cerimónias que apoiam no seu concelho – sai merda!

Neste caso sai um ensaio sobre a violência vindo de um homofóbico claramente confuso com a vida e com o que é a violência. Deixe-me que lhe diga que depois de ler o que disse me sinto violentado: pela homofobia, pela ignorância, pela falta de capacidades e, sobretudo, porque é de Pombal e está perto demais de mim!

Deixo-vos este pequeno excerto: «Houvesse terapeutas para tratar todas essas causas que dão origem a problemas complicados, e aquelas causas contraproducentes àquilo que é a essência da vida humana, toxicodependência, práticas contraproducentes, homossexualidade e pedofilia. Não se facilite, em termos democráticos, aquilo que é contra natura, aquilo que não está na essência daquilo que a gente pretende, em termos de história, de dignificar aquilo que é a pessoa humana»

Digam lá que não dá vontade de rir?! Pelo menos um português bem falado!





Tenho pena.

26 05 2009

Há pessoas de quem, pela inteligência e produção científica que toda a gente lhes reconhece, se espera um pouco mais. Um pouco mais de humanidade, um pouco mais de  noção do mundo real, um pouco mais de reconhecimento de que o ser humano é livre, mas tem de se educar para viver essa liberdade com consciência e respeito pelo outro.

Confesso que me custa estar a dar tempo de antena ao senhor das Neves e fazer-vos perder tempo com semelhante personagem.

Primeiro, porque o considero um moralistazinho do pior, com tendências neo-nazis a tender para o eugenismo.

Segundo, porque acho que não se deve dar muita atenção ao que escreve sobre pessoas e as relações entre elas (parece que em relação aos números o senhor é uma sumidade….). Já toda a gente percebeu que disso percebe muito pouco.

Ainda assim, leiam as barbaridades que escreve, nem que seja só para perceberem porque não gosto dele!

Cartoon+de+Ant%C3%B3nio+Papa+Jo%C3%A3o+Paulo+II+com+preservativo

O problema de pessoas como este é que vivem de tal forma desfasados da realidade, que acreditam que aquilo que escrevem faz mesmo sentido.





festas, festinhas e festarolas

25 05 2009

https://i2.wp.com/www.drdicksexadvice.com/wp-content/uploads/2008/01/woman_screaming.jpg

É pá, desculpem-me mas tenho que deixar aqui bem claro que odeio festas heteros. E o que são festas heteros? São, por defeito, casamentos e baptismos. Este fim-de-semana estive num e bem que me apeteceu sair dali para fora e ir a correr para o Chiado de sábado à noite.

Não me interpretem mal. Eu gosto muito da minha família, mas um casamento/baptismo é uma celebração de tudo o que é hetero. As famílias felizes, católicas, nucleares, as tias e primos que nos perguntam “onde está a namorada!?”, como se isso fosse uma condicionante para se estar bem na vida. Talvez seja inveja se não poder ser como eles… De não poder partilhar a felicidade que é comemorar os grandes momentos da nossa vida com toda a família e amigos. Talvez seja isso.

https://i0.wp.com/www.nerve.com/CS/blogs/scanner/2008/06/01-07/isp_GayWeddingCake.jpg

Talvez ainda falte algum tempo para podermos ver esta imagem em portugal, mas deixo aqui ficar o meu desabafo e descontentamento.

Entretanto, se ouvir mais o comentário de “então e tu, quando é que a apresentas?”… Não respondo por mim.








%d bloggers like this: